(41) 9911-0990
rafa.inda@hotmail.com
Atendimento Particular e Amil

sep

A interpretação de sonhos pela psicanálise e visão freudiana

A jornada do autoconhecimento começa com a premissa sobre a nossa mente: divisão consciente e inconsciente. Ninguém começa uma jornada dessas se acredita que sua mente está inteira à luz, racionalizada e que, portanto você já sabe tudo sobre você mesma. De fato não sabemos e isto é uma construção, possível num tratamento psi. A jornada do autoconhecimento não tem um destino final; ela é o fim por si, e o que ela pode fazer é trazer à luz da consciência elementos que estavam indecifráveis, inconsciente. O sonho é uma das formas que temos acesso a conteúdos inconscientes, permitindo que interpretando-os, compreendemos algumas questões e impasses. A Psicologia, que pode ser considerada a ciência do autoconhecimento, desde seu início enxergou a potencialidade dos sonhos nessa jornada do “si-me...

Continue

A escolha pela psicanálise

  Uma psicanálise é uma situação de escuta, que denominamos inconsciente, quando a fala de um repercute naquele que fala e no que ouve, numa relação entre dois, intermediada pela palavra em sua dimensão simbólica. Nesse contexto se rememora algo que não é lembrado de outra maneira. (Medeiros, Paulo. 2002) Alguém procura uma psicanálise quando está vivendo uma situação dolorosa de conflitos, de medos, ou qualquer sintoma que o incomoda, sente que tem algo que não anda, tem dúvidas e não encontra saídas diante disso. Sigmund Freud, criador da psicanálise, ao escrever Die Traudeutung, traduzido para o português como A Interpretação de Sonhos, criou a teoria do processo de leitura do texto inconsciente inscrito no sujeito. Mostrou o sonho como um dos principais caminhos nos quais se expre...

Continue

Seis em cada 10 mães atendem as exigências dos filhos em compras, aponta pesquisa

Muitas vezes os pais cedem aos desejos consumistas dos filhos e acabam não somente gastando mais do que gostariam como também compensando carências afetivas com bens materiais. É isso o que mostra o texto a seguir, da estudante de jornalismo da PUCPR, Giovanna Rell de Cosmo Martins. Confira na íntegra:   A pesquisa sobre consumo infantil, conduzida pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e Meu Bolso Feliz em setembro de 2015, aponta que 47% das mães presenteiam os filhos com o que ele exigir e 30% chegam a perceber que o filho não está satisfeito com o que tem e quer sempre mais. Das 843 mães entrevistadas, com filhos (as) de idade entre dois e 18 anos, residentes nas 27 capitais brasileiras, 58,5% assumem que compram mais roupas e calçados de qualidade para os filhos do que...

Continue

O que é a psicopatia?

“Eu não sabia o que fazia as pessoas quererem ser amigas. Eu não sabia o que as fazia querer ser atraentes umas para as outras. Eu não sabia o que eram interações sociais.” “Eu não me sinto culpado por nada. Eu sinto pena de quem se sente culpado.” “Eu sou o mais frio filho da p*** no qual você já colocou seus malditos olhos. Eu não dou a mínima para aquelas pessoas.” Essas frases de Ted Bundy resumem as principais características de um psicopata: uma pessoa insensível, manipuladora, sem empatia, impulsiva, e com pouca capacidade ou nenhuma de sentir culpa ou remorso. O termo psicopatia foi descrito pela primeira vez em 1941, pelo psiquiatra americano Hervey M. Cleckley. Essa doença é uma anomalia psíquica, que altera o comportamento do indivíduo e sua conduta social. A característica pred...

Continue

O preconceito contra pessoas com transtornos mentais

Ainda hoje, não é raro encontrarmos pessoas que reagem de forma preconceituosa quando sabem do processo psicoterapêutico de qualquer conhecido. Por muito tempo, a imagem do adoecido mental era reduzida à loucura. Ainda no início do século XX, pouco se conhecia sobre a importância da saúde mental e as pessoas que manifestavam comportamento indesejado pela sociedade eram abandonadas ou levadas aos manicômios sem atendimento adequado. A crítica por esse modelo veio a partir da segunda metade do século XX, iniciada pelo psiquiatra italiano Franco Basaglia. O reflexo dessa iniciativa no Brasil se deu nos anos de 1970, quando os profissionais da saúde e familiares se mobilizaram pela causa. Em 2001, a Lei Federal 10.216, que trata da proteção e dos direitos das pessoas portadoras de transtornos...

Continue

Síndrome de Burnout: quando o estresse atinge níveis preocupantes

Em poucas palavras, a Síndrome de Burnout pode ser definida como um estado de esgotamento físico e mental em consequência de fatores ligados ao trabalho. A expressão inglesa “to burn out” significa “queimar-se, consumir-se por completo” e foi muito empregada em décadas passadas no esporte para referir-se a atletas que já tinham dado tudo o que podiam e não conseguiam mais manter o desempenho. Segundo uma pesquisa publicada pela International Stress Management Association do Brasil (ISMa-BR), cerca de 30% dos trabalhadores brasileiros são vítimas da síndrome, considerada por muitos especialistas como o nível mais alto do estresse. Prejuízo duplo Evidentemente, a primeira e maior vítima do burnout é o profissional. Os sintomas podem ser físicos, que vão desde um “simples” cansaço até infarto...

Continue

A visão da Síndrome de Asperger pelo filme “Adam”

“Adam” é um filme de 2009 que retrata a história de um portador da Síndrome de Asperger, (interpretado por Hugh Dancy) que acaba de perder o pai. Paralelamente, ele começa a desenvolver um relacionamento com sua vizinha, Beth (Rose Byrne) e junto com ela, nós os espectadores também aprendemos um pouco mais sobre a síndrome. O filme trata o Asperger de forma didática, o próprio Adam tem consciência de que possui a Síndrome, e explica em diversos momentos do filme como a sua percepção do mundo é diferente das outras pessoas. A Síndrome de Asperger faz parte do espectro autista e é caracterizada por déficits de interação social e padrões de comportamento restritos e estereotipados, porém não há atrasos significativos na linguagem e no desenvolvimento cognitivo dos portadores. No entanto, mesm...

Continue

Cirurgia Bariátrica: acompanhamento psicológico é fundamental

A avaliação psicológica faz parte desse processo, porém muitos se perguntam sobre a relação de uma cirurgia no aparelho digestivo e a condição psíquica. A cirurgia bariátrica traz mudanças importantes na vida das pessoas que se submetem a ela, especialmente no que se refere a alimentação e a necessidade de mudanças de hábitos para que o processo de emagrecimento seja bem sucedido. Refletir sobre sua relação com a comida (maneira como escolhe os alimentos, sensações e sentimentos atribuídos ao ato de comer, motivos que o levam ao descontrole) nos possibilita pensar sobre a maneira particular de ser obeso e o que uma intervenção cirúrgica poderá produzir diante disso. Diferente do médico, que pode coletar dados importantes através da realização de exames, o psicólogo conta com outras ferrame...

Continue

A depressão tem cura?

Sabendo que a origem da palavra cura está em cuidar, pode-se dizer que a depressão tem cura, sim. Em alguns casos é preciso um trabalho conjunto entre psiquiatra e psicólogo clínico. Recorrer a esses profissionais é uma das melhores formas de se compreender, elaborar, transformar e curar a depressão. Compreender o sofrimento humano e a doença mental é uma tarefa complexa que exige articulação de alguns conceitos. Além de escutar os episódios é preciso estudar a presença de outros fatores biológicos, psicológicos ou mesmo sociais. Um profissional de saúde mental tem como primeira meta identificar o problema de seu paciente na tentativa de oferecer-lhe alívio. Contudo, a avaliação diagnóstica e a conduta terapêutica oferecem inúmeras possibilidades merecedoras de atenção. A depressão foi obj...

Continue

Ab-reação: significado psicanalítico e filosófico

Ab-reação, termo introduzido por Sigmund Freud e Josef Breuer em 1893, para definir um processo de descarga emocional que, liberando o afeto ligado à lembrança de um trauma, anula seus efeitos patogênicos. Uma melhor compreensão do termo pode ser conseguida com esta definição filosófica: ab-reação designa a expressão de afetos ou de impulsos, até então bloqueados por um mecanismo de defesa, e que se extravasam no comportamento, na emoção e na palavra, habitualmente no decurso de um tratamento psicoterápico ou sob uma ação farmacodinâmica. Em outra definição filosófica, o temo ab-reação é assim descrito: descarga emocional que permite ao paciente libertar-se de antigo choque que não pudera chegar a uma reação satisfatória. Ou seja, sugere que um evento mal resolvido seja solucionado satisfa...

Continue

sep-footer

Padre Anchieta, 1846, sala 506 – 5ª andar | Edificio Biocentro
Curitiba - PR | (41) 9911-0990 | rafa.inda@hotmail.com | Atendimento Particular e Amil

assinatura-explay